Adquira seu livro aqui!

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Eu já fui a “Jeannie é um gênio”

superheroisemgeral.blogspot.com
Estava aqui em casa conversando com maridão sobre as nossas preferências de infância. Ele me falou que adorava desenho animado, eu, odiava. Achava de uma maldade extrema. 

Morremos de rir comentando sobre nossas brincadeiras. Aí me lembrei de que eu tinha minha garrafa do seriado “Jeannie é um gênio”. 

Quando era pequena, na cozinha da minha casa, tinha uma mesa que aumentava de tamanho. Ela possuía uma abertura no meio que continha uma tábua por baixo, que fazia com que a mesa ficasse maior.

Eu abria a mesa, colocava todos os travesseiros da casa no chão da cozinha, por esse buraco, e ainda cobria os pés da mesa com lençóis, de forma que só se podia ver a parte debaixo da mesa pelo buraco da parte de cima. (Será que me fiz entender?)

Bem, ali era minha garrafa, e claro, eu, naqueles momentos, era a Jeannie.

Era a minha brincadeira preferida quando minha mãe não estava em casa, porque eu ia pegando tudo que via pela frente, mesmo que fosse um lençol branquinho e passadinho que ela acabara de guardar. Colocava ainda umas roupas parecidas, que eu mesma criava e ainda fazia um rabo de cavalo com uns lenços de seda que minha mãe tinha em casa. E quem conseguia me convencer que eu não era a Jeannie? Ninguém. Eu acreditava tanto naquilo que chegava a fazer umas preces pedindo a papai do céu para me dar poderes para fazer algumas mágicas. Coitado de Deus!  Mas Ele sabia muito bem que era pura inocência de uma criança de apenas uns 8 anos de idade.

Além disso, ainda era apaixonada pelo Antony Nelson (capitão da força aérea americana), hum... isso me parece meio familiar, mas continuando, o tal Antony Nelson, a quem eu e Jeannie chamávamos de amo,  foi quem achou a garrafa da Jeannie numa ilha. Muitas vezes fiz até cartinhas para ele (esse negócio de gostar de escrever vem de longe), me declarava, reclamava e até chorava de verdade por causa dele.

Ah!!!!!!!! Como é bom ser criança!!! Por essas e outras é que acho que tive uma infância muito saudável, com muita criatividade. Acho que as crianças de hoje, por causa da internet, não têm tanta sorte, embora desenvolvam outras habilidades. Mas quer saber mesmo? Com internet ou sem ela, o bom mesmo é ser criança e poder viver num mundo cheio de magia e fantasia e principalmente aproveitar muuuuuuuuuuito este período, guardando um pouquinho dele dentro da gente para que nunca se perca a criança que fomos um dia.

Agora responda: Quem você já foi um dia?

6 comentários:

Anônimo disse...

Nossa, quanta criatividade e bom gosto, amo a Jeannie XD
bem, na minha infancia eu gostava de brincar em meu "universo mental", criava histórias, personagens, situações de perigo e tudo mais... viajava dentro da minha cabecinha XD
Pra mim era como se eu fosse o personagem da minha própria série.
Acho que hoje falta criatividade na vida das crianças, o "imaginar" não é mais tão presente.

Sandrine disse...

Anônimo quem? Deixe seu nome, vai... de qualquer forma obrigada por prestigiar o blog.

Juliana Ferreira disse...

Hahahaha... Adorei Sandrine!!! Eu já fui várias coisas... Adora ser Paquita e a Penélope Charmosa... Mas, como você mesmo disse: Coisas de criança! Nada melhor que deixar a fantasia tomar conta de nós e viver esses pequenos grandes sonhos...

Bjus!

Carlos Alexandre disse...

Quando eu era criança gostava muito do National Kid e do Super-Homem. Acho que era por causa do poder de voar que tinham. Tanto é que costumava imaginar-me voando pelos ares da redondeza. Tinha dias que eu chegava à janela e me via passando pra lá e pra cá, com uma capa bem legal. Ainda bem que não resolvi testar essa minha sonhada habilidade, não é mesmo ? Sonhar é bom, mas precisamos ter um certo equilíbro para não fazer besteira por aí.

Fabíola disse...

Serve a Xuxa?? Eu imitava as danças dela, inclusive tive uma festa de aniversário de "não sei quantos anos" com o tema "Xuxa"... hauhauahua..

Ah.. e minha avó adorava quando eu imitava a Vovó Naná... uma personagem do Jô Soares... se não lembra coloca no Youtube.. deve ter alguma coisa dela lá... Eu morria de vergonha.. mas fazia sucesso... fazer o q!? rsrs..

Ser criança é tudo de bom!! Pena q passa rápido...

Bjs!
Fabíola

Anônimo disse...

Ai ... não lembro :( Caramba ! Fico triste quando não me lembro certas coisas de ser criança. Ando perguntando pra minha mãe rs rs

Mas sei que tive uma infância boa !!!

E concordo 1000000% com a Fabíola: pena que passa rápido. E pena que a gente não dá valor na época e sempre fica querendo crescer :(

Bjs e eu super entendi o lance da mesa ! Achei hilário rs rs rs
Rê Werneck

Postar um comentário

O Clube do Salto: Eu já fui a “Jeannie é um gênio” - 2011 Theme by Kali Vieira