Adquira seu livro aqui!

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

E isso tudo me dá um orgulho danado...

http://www.portaldepaulinia.com.br

Já fui heroína, já fui carrasca e, embora na maioria das vezes tenha tentado acertar, já errei um bocado.

Já apaguei muito fogo, mas já causei alguns incêndios. Ajudei e prejudiquei, principalmente quando deixei a razão ser maior que o coração.

Fiz parte muito tempo da sua vida, você me amou e já me odiou algumas vezes, e por essas e outras você não conseguiu me esquecer.
No início, pela imaturidade ou mesmo pela falta de experiência, fiz muitas coisas que hoje faria diferente. Coisas da vida, é assim que se aprende. Em contrapartida gostaria de voltar à ingenuidade e a garra dos primeiros tempos, porque o desconhecido é desafiador e a paixão acaba corrigindo os erros.

Já enxuguei muitas lágrimas e já causei algumas. Já aconselhei e também não soube o que fazer e por isso pedi ajuda. Já fiz hora extra por amor, sem remuneração, mas já tive vontade de sair correndo, o que não me foi permitido. Fugi assim mesmo e por não poder compensar a fuga com as horas extras, acabei perdendo não só salário, mas o humor e a paciência.

Já fui desacatada, já resmunguei, fui injustiçada e justiceira. Já entreguei os pontos e ressuscitei com forças que nem imaginava possuir.

Fui admirada e servi de exemplo, mas também desprezada por quem mais deveria me acolher.

Já fui além do que me pediram, do meu dever, mas colhi frutos tão preciosos que muitos nunca entenderão o seu valor.

Sou professora, e vivi experiências tão profundas que tenho dificuldades em mensurar se mais ensinei ou aprendi. E por isso sou eternamente grata a todos que cruzaram meu caminho nessa difícil tarefa de lecionar.

 É isso. Simples assim.

Dedico este texto aos meus amigos professores e a todos os alunos que já tive.

6 comentários:

Fabíola disse...

Que lindo texto!!
Amei!!!!

Já passamos tantos dias dos professores como amigas que hj te dou mais parabéns do que quando fui sua aluna!! É... Temos disso tb, quando alunos, as vezes muita coisa escapa da gente, talvez pela pouca idade, talvez pela timidez, talvez por achar que tudo é uma "besteira"... Que nenhum professor vai te dar mais ou menos importância por vc dar um simples "parabéns" para ele... Mas fato é que esse dia nao existe a toa, que os professores muitas vezes são nossos exemplos e são as primeiras pessoas, além da família, a quem devemos respeitar e até a admirar. Então a gente cresce e tem a real noção disso tudo e já aproveito pra lhe desejar todos os parabéns que, com certeza, deixei de dar quando fui sua aluna. Sendo a professora que foi, amorosa ou carrasca, justa ou injusta... O bom disso tudo é que vc foi importante e, pelo jeito, inesquecível, né??
Te adoro, minha eterna professora!!

Bjs,
Fabiola

Anônimo disse...

Querida Regina, se você usou o coração ou a razão não importa. Simplesmente não ficou em cima do muro, emitiu a sua opinião. Tenho muito orgulho de ter trabalhado com você. Parabéns pela sua trajetória.............bjs
Sueli Onofre

Nubia Cerqueira disse...

Minha amiga!

Adorei a mensagem... o ser professor está muito bem revelado... erramos, acertamos, nos emocionamos, ficamos cegos, mas sempre em busca de doar o que temos de melhor.

Quem sabe, um dia, a importância do nosso trabalho será reconhecido e teremos melhores condições de exercer a nossa profissão?

Bjkas, Nubia.

Raquel Oliveira disse...

oi

Raquel Oliveira disse...

Sandra,
Você conseguiu vebalizar tudo o que está em meu coração pelo que já vi e experimentei no magistério. O texto é lindo. Parabéns!
Continue sendo usada por Deus para trazer até nós coisas lindas.
Bjus, de sua prima,
Raquel.

Aaliyahrj disse...

Que lindo Sandra! Você descreveu exatamente meus sentimentos!
Você, além de uma pessoa maravilhosa, é uma excelente profissional e uma escritora talentosa!
Bjoks

Postar um comentário

O Clube do Salto: E isso tudo me dá um orgulho danado... - 2011 Theme by Kali Vieira